a esperança é sagrada

a esperança é sagrada porque me despertou o espanto
e foi sagrada quando me determinou o espaço
foi sagrada quando me arrancou do mutismo do luto
a esperança é sagrada porque me iluminou o caminho
num tempo em que me pudeste esculpir a forma do destino
e quando me deixei levar pela poesia e os sonhos de lutas desiguais de almas
e me fizeste mergulhar-te e embriaguei entregando a vida e a forma de sentir-me
vivi-te como vida e forma de ser
empoleirada nos teus pés calosos de saber
e assim me fiz em forma de poeta de vida
só porque acreditei na sagrada esperança
em jeito de esperança sagrada

1 comentário:

Adolfo Payés disse...

Bello como siempre..

un beso

Un abrazo
Saludos fraternos..

Que tenga un hermoso día.